CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
CARREGUE AQUI PARA ASSISTIR AO VIDEO DO EVENTO: O PAPEL DO SETOR COOPERATIVO NA CONSTITUIÇÃO PORTUGUESA
Eduardo Graça
Presidente da CASES - Cooperativa António Sérgio para a Economia Social

Eduardo Graça nasceu em Faro. Licenciado em Organização e Gestão de Empresas pelo ISCEF/Lisboa. Fundador e dirigente do MES. Exerceu funções técnicas no GEBEI e INE de 1979 a 1989. Entre 1989 e 1992 coordenador da equipa de projecto das escolas profissionais, do Ministério da Educação. Entre 1992 e 1995 adjunto de Jorge Sampaio, Presidente da Câmara Municipal de Lisboa e de Eduardo Ferro Rodrigues, Ministro da Solidariedade e Segurança Social. Entre 1996 e 2003 presidente da direção do INATEL. Desde 2003 exerceu funções técnicas no Ministério da Educação. 

Desde Janeiro de 2009 Presidente do INSCOOP. Desde Fevereiro de 2010 presidente da direção Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES). Presidente do Júri do Prémio Agostinho Roseta. Membro do Conselho Supremo da Cruz Vermelha Portuguesa. Além de inúmeros artigos em revistas e jornais, prefácios e notas de leitura, de natureza técnica e de opinião, publicou "Os Novos Tempos do Lazer Português" - 2002; "Ir Pela Sua Mão" ––2003; "Primeiros Poemas"– 2007; "Há um momento em que a juventude se perde …" - 2008; "Poemas Manuscritos" –2009; "Albert Camus - Uma cronologia pelo cinquentenário da sua morte" - 2011; "Silêncio - 29 epigramas (com prólogo)" - 2012 e Centenário de Albert Camus - Cadernos (Sublinhados de Juventude) - 2013.

Associados
EDIFÍCIO SEDE
Largo Cândido dos Reis
19 a 25 - Leiria
conferencias@agrimutuo.pt
244 848 000
PARCEIROS
EDIFÍCIO SEDE
Largo Cândido dos Reis
19 a 25 - Leiria
geral@caixacreditoleiria.pt
244 848 000
ORGANIZAÇÃO
PARCEIROS